10º castelo mais visitado do mundo: Shuri-jō

Castelo de Shuri ou Shuri-jō

Você já foi ao Shuri-jō (Castelo de Shuri)?

De acordo com o site Travel + Leisure, o Shuri-jō ocupa o 10º  lugar na lista dos castelos e palácios mais visitados do mundo, com cerca de 1,753,000 visitantes anuais.

Em 1º lugar está a Cidade Proibida, na China, com mais de 15 milhões de visitantes; e em 2º lugar, o Louvre, na França, com mais de 9 milhões de visitantes. De acordo com o ranking, o Shuri-jō está a frente dos famosos Castelos de Osaka e Nagoya e até do Neuschwanstein (Alemanha), que serviu de inspiração para o Castelo da Bela Adormecida da Disney.

O Shuri-jō era a residência da família real na época em que Okinawa era um reino independente conhecido como Ryukyu, que durou mais de 400 anos. Completamente destruído durante a II Guerra Mundial, o atual castelo só foi reconstruído nos anos 90.

Atualmente, o Castelo sedia vários eventos durante o ano, como recriações das cerimônias que ocorriam na época do Reino de Ryukyu, atraindo muitos turistas e moradores da ilha. Além disso, diariamente são realizadas apresentações de danças típicas (Ryukyu buyō).

Ano novo no Shuri-jō

Ano novo no Shuri-jō

Mas, como a própria descrição do Okinawando diz, a página se propõe a apresentar “além do castelo de Shuri”, então vamos sugerir áreas que consideramos menos conhecidas do público, que são dois mirantes localizados na área grátis do castelo. Localizados na parte de fora do castelo, mas dentro do parque (“Shurijo Castle Park”), não é necessário ter o ingresso para entrar. Ambos estão marcados com um círculo  vermelho no mapa abaixo:

11204806_998185283538646_156344926_o

No centro está o Castelo, e há dois mirantes: um à esquerda e um abaixo

O mirante de baixo, com vista para o sul, permite observar a área do Kinjō Dam (represa) e a cidade de Haebaru.

JAN_6456pq

Vista do sul da ilha

JAN_6455pq

Kinjō Dam, cemitério e o sul da ilha

O mirante à esquerda, ao leste do Shuri-jō, é conhecido como “Nishi no Azana”. De lá, temos uma vista panorâmica da cidade de Naha. Ao longe, é possível ver os aviões de que chegam ao Aeroporto de Naha e, se o tempo estiver bom, as ilhas Kerama emergem no horizonte.

Nishi no Azana - ao fundo, é possível ver as ilhas Kerama

Nishi no Azana – ao fundo, é possível ver as ilhas Kerama

DSC_0786

Vista noturna do Nishi no Azana

O Shuri-jō, como outros castelos de Okinawa, foi estrategicamente construído numa parte alta da ilha, Shuri. Por isso, dessa região podemos contemplar belas paisagens, principalmente quando o Castelo abre à noite, apreciando o encanto da face urbana de Okinawa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s