Quero encontrar Maririn

Muitos turistas que visitam as ilhas Zamami e Aka se deparam, em cada uma delas, com a estátua de um cachorro. Quem são eles e por quê estão lá?

Zamami e Aka fazem parte das ilhas Kerama, localizadas a cerca de 40 quilômetros da ilha principal de Okinawa. Essas ilhas são um destino muito procurado por turistas, que partem da capital Naha e viajam por uma hora e meia de ferry para curtir as praias de águas cristalinas e de tonalidade azul-esverdeada (conhecida como Kerama Blue).

ilhas Kerama

Na década de 80, essas ilhas de beleza exuberante foram o cenário para a história de amor entre dois cães, Shiro e Maririn (ou Marilyn). Ambos viviam na ilha de Zamami, mas os donos de Shiro (família Nakamura) se mudaram para a vizinha ilha de Aka devido ao trabalho, levando consigo seu cão.

Porém, em Aka não havia outros cães, pois estes poderiam caçar as doninhas que haviam sido introduzidas na ilha tempos atrás para acabar com uma infestação de ratos. Shiro passou a ser o único cão do local.

Num certo dia de 1986, os donos de Shiro se depararam com seu sumiço repentino pela manhã. Somente ao final da tarde ele reapareceu, voltando para casa todo molhado, fato que passou a se repetir por vários dias, deixando a família Nakamura intrigada. Eles decidiram então seguir o cão para saber a razão de suas ausências toda manhã e o encontraram na praia. Shiro entrou na água e começou a nadar.

Os donos seguiram Shiro de barco e 3 horas depois, após nadar quase 3 quilômetros, o cão chegou à ilha de Zamami e correu para a casa onde vivia Maririn. Então, vendo os dois brincando alegremente, concluíram que o esforço que Shiro fazia diariamente era para encontrar a namorada que havia ficado na ilha.

A impressionante história gerou curiosidade e se espalhou por todos os habitantes da região. Não demorou para que ficasse conhecida em todo o Japão, através de jornais, revistas e TV.

Em 1988, foi lançado o filme “Maririn ni aitai” (マリリンに逢いたい, que significa “Quero encontrar Maririn”), baseado nessa história de amor e amizade. As cenas de travessia do mar só foram possíveis porque o próprio Shiro estrelou o filme. Infelizmente, Maririn havia falecido no ano anterior. Em 2000, aos 17 anos, Shiro foi ao encontro de Maririn.

Maririn_dvd

Filme “Maririn ni Aitai”

CA380020

Maririn e Shiro

Maririn_Shiro

Shiro e Maririn

Graças à história e as belezas naturais mostradas no filme, Kerama ganhou fama, atraindo muitos visitantes. Em 2001, foram inauguradas as estátuas de Shiro (no porto da ilha de Aka) e Maririn (em Zamami, entre o porto e a praia de Ama). Maririn está voltada em direção a Aka, como se estivesse esperando seu companheiro.

Quando visitarem as ilhas Kerama, com suas paisagens fascinantes, praias de águas límpidas e recife de corais, não se esqueçam de encontrar as figuras de Shiro e Maririn, os cães cujo amor se eternizou no imaginário das pessoas como um símbolo de afeto e dedicação.

Zamami_Maririn2

Estátua de Maririn (Zamami)

Zamami_Maririn

Estátua de Maririn (Zamami)

Maririn_Shiro_Aka

Estátua de Shiro (Aka)

ilhas Kerama_Zamami_Aka

Localização das estátuas de Maririn e Shiro

 

Fonte:

http://keramaislands.asia/content/shiro-and-marilyn

https://middle-edge.jp/articles/06lw0

Fotos:

Filme “Maririn ni Aitai”: https://www.amazon.co.jp

Maririn e Shiro: http://s.webry.info/sp/no-y.at.webry.info/200901/article_13.html

Shiro e Maririn: https://middle-edge.jp/articles/06lw0

Um comentário sobre “Quero encontrar Maririn

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s